Perca o medo de arriscar

17/04/2012 22:10

 

 


Engana-se quem deixa de agir porque acha que não consegue estimar todos os riscos envolvidos. Na verdade, é justamente por conseguir vislumbrar uma série de situações possíveis que a pessoa deixa de tomar uma atitude. Note que geralmente aquela pessoa que não costuma ponderar com antecedência os riscos envolvidos é que acaba cometendo as maiores loucuras. E é justamente pela capacidade de antever uma série de variáveis negativas possíveis que muitas pessoas deixam de aproveitar oportunidades únicas na vida.
E que acontece com muitas pessoas quando uma empresa lhe fez uma oferta de emprego. Embora insatisfeita com o salário que ganha, fica pensando quais são os riscos envolvidos. Em sua cabeça, surgem situações negativas de todos os tipos. Desde a simples falta de adaptação ao trabalho até uma completa rejeição dos novos colegas. Sua mente fervilha em hipóteses sobre o que poderia dar de errado. Resultado: pensou e esperou tempo demais.
Quando finalmente acha que poderia dar uma resposta, a oportunidade já não existe mais. A empresa até contrata uma outra pessoa que não tem sequer metade da qualificação do que ela. É importante aqui frisar é que, quando um profissional deixa de agir e correr riscos porque espera estar totalmente preparado primeiro, o decurso do tempo pode ser fatal. É isso que faz alguns empreendedores deixem de aproveitar boas opções de mercado. É o medo de problemas que sequer existem que impede que bons profissionais desenvolvam suas carreiras.
Um empresário ou profissional deve tomar uma importante decisão em sua vida: ou ele aceita que correr riscos faz parte do jogo e que os erros servem também para ganhar maturidade e experiência ou, então, passa o resto da vida se lamentando do azar que tem para os negócios.