Decida Ser Feliz

20/04/2012 08:42


As nossas crenças são formadas em sua maioria através das conclusões a que chegamos a partir das situações que vivenciamos no dia a dia. Outras foram implantadas pelo meio social por meio de processos de sugestão que implicam valores morais, religiosos e éticos.
Independente do que as nossas crenças fizeram conosco até o presente momento, podemos superá-las, substituindo-as por outras mais nobres e benéficas. Não importa agora julgar e condenar crenças limitantes que nos outorgaram. O que passou, passou.
O que importa agora, para fins de análise é simplesmente reconhecer o que é válido e que não é para o nosso crescimento, fazendo a separação do joio e do trigo semeado em nosso subconsciente.
As pragas mentais, após serem reconhecidas precisam ser eliminadas rapidamente, relegando-as ao esquecimento.
Pois bem!
Acontece que muitas pessoas criaram, com base nas convicções pré-estabelecidas, uma resistência que bloqueia a possibilidade de se estabelecerem crenças positivas. Essa distorção geralmente é produzida pela maldita crença disseminada que erroneamente caracterizam distorções de virtude. Há por exemplo quem acredite que a pobreza é uma virtude, que o sofrimento purifica a alma e que o prazer e a alegria constituem-se em pecado. Enfim, a quantidade de suposições falsas que geram crenças limitadoras semeadas por sistemas filosóficos e religiosos é grande.
As crenças que adquirimos ao longo da vida acabam por dominar a nossa mente fazendo com que a mesma produza reações emocionais que se combinam com padrões similares criando uma frequência predominante. Isso forma uma condensação de energia que, sem perceber, originamos e mantemos indefinidamente. Quando as nossas crenças são positivas em sua grande maioria, ótimo. Caso contrário, estaremos fadados a fazer perpetuar um padrão energético que cria e recria situações adversas em nossa vida.
Saiba que é a crença tornada convicção que faz perpetuar o bem e o mal em você e no mundo.
A força da fé, ou seja: a crença tornada convicção é o que impulsiona a energia criadora que faz com que os ricos fiquem cada vez mais ricos e os pobres, cada vez mais pobres. É esse poder que faz com que nada dê certo para aquele que se diz azarado.
Por que você acha que determinadas pessoas vivem sofrendo revezes continuamente?
Será que há um deus mesquinho e seletivo que de maneira sarcástica premia alguns com uma vida suave, alegre e feliz enquanto subjuga uma grande parte da raça humana, condenado-a ao sofrimento?
Se você acredita que há um Deus injusto que distribui sofrimento gratuito, precisa urgentemente mudar a sua mentalidade, sob pena de se tornar vítima desse sistema de crença irreal que limita o Ilimitado.
Aceite com entusiasmo a idéia de que o bem estar absoluto é a verdadeira natureza da Fonte Criadora. Apague de vez da sua mente qualquer filosofia que afirma que é preciso sofrer para que Deus, no alto de sua arrogância suprema decida ouvir seu clamor e atender suas súplicas. Esse deus com “d” minúsculo não corresponde à realidade do Criador de todas as coisas. Foi criado por homens medíocres que tiveram a pretensão de rebaixar o Universo à sua mesquinhez. Ou pior; pode ter sido fabricado por mentes maquiavélicas com o propósito de subjugar o poder de cada um, visando o domínio e a manipulação de corações e mentes.
Elimine esse deus agora porque ele não existe.
Aceite que Deus é mais. Aliás, aceite que Ele é tudo o que há. E que a intenção Dele para conosco, será sempre a melhor possível.
Acredite que a vida pode ser bela e que seu caminho deve ser suave e agradável.
Mude o seu campo de energia pessoal através da elaboração de um novo padrão emocional alicerçado sobre os sentimentos de bem estar, alegria, prazer, contentamento, amor e entusiasmo. A condução da sua mente rumo a esses sentimentos positivos gerarão uma força magnética capaz de elevá-lo a grandes alturas.
Esqueça tudo o que te disseram, se isso gera qualquer tipo de sentimento negativo. É preciso eliminar de vez qualquer crença que limite a sua perspectiva de crescimento e evolução, aqui e agora.
Conceda a si mesmo um tempo diário para trabalhar no sentido de obter convicções mais positivas diante da vida. Trabalhe a sua essência, visando a elaboração de um sistema de crenças mais positivo e mantenha seus pensamentos focados naquilo que você deseja experimentar.
Retire toda atenção daquilo que você quer se ver livre porque essa atenção o mantém aprisionado à essa situação. Mantenha constantemente o foco das suas intenções naquilo que você pretende vivenciar. Essa é a forma mais poderosa de convocar a Fonte Todo Poderosa que edifica universos e mantém a harmonia.
A sua atenção centrada naquilo que você deseja através da intenção, gera o campo magnético que atrai a energia Universal, Fonte de todas as coisas.
O sentimento é a base para a construção de um novo e belo paradigma para a sua vida. Sinta que o bem é a verdadeira natureza do Universal, portanto, sua verdadeira natureza. Tome paulatinamente o controle das suas emoções e estabeleça o sentimento de que a verdadeira vida deve ser plena, em todos os sentidos. Ainda que inicialmente seus sentimentos não gerem nada de mais consistente, persista, sabendo que desde já estão transformando radicalmente o seu campo de energia. Inevitavelmente as boas vibrações emitidas acabarão criando um magnetismo que repele tudo de ruim e atrai tudo de bom.

Decida ser bom!
Decida prosperar em todos os sentidos!
Decida perdoar!
Decida esquecer o que passou!
Decida viver o melhor que puder, cada dia, e um dia de cada vez.
Decida ser feliz!